segunda-feira, 28 de março de 2011

Autor da semana: William Shakespeare

William Shakespeare (batizado em 26 de Abril de 1564 – 23 de Abril de 1616) foi um poeta e dramaturgo inglês, tido como o maior escritor do idioma inglês e o mais influente dramaturgo do mundo. É chamado frequentemente de poeta nacional da Inglaterra e de "Bardo do Avon" (ou simplesmente The Bard, "O Bardo"). De suas obras restaram até os dias de hoje 38 peças, 154 sonetos, dois longos poemas narrativos, e diversos outros poemas. Suas peças foram traduzidas para os principais idiomas do globo, e são encenadas mais do que as de qualquer outro dramaturgo. Muitos de seus textos e temas, especialmente os do teatro, permaneceram vivos até aos nossos dias, sendo revisitados com freqüência pelo teatro, televisão, cinema e literatura. Entre suas obras mais conhecidas estão Romeu e Julieta, que se tornou a história de amor por excelência, e Hamlet, que possui uma das frases mais conhecidas da língua inglesa: To be or not to be: that's the question (Ser ou não ser, eis a questão).
Shakespeare nasceu e foi criado em Stratford-upon-Avon. Aos 18 anos, segundo alguns estudiosos, casou-se com Anne Hathaway, que lhe concedeu três filhos: Susanna, e os gêmeos Hamnet e Judith. Entre 1585 e 1592 William começou uma carreira bem-sucedida em Londres como ator, escritor e um dos proprietários da companhia de teatro chamada Lord Chamberlain's Men, mais tarde conhecida como King's Men. Acredita-se que ele tenha retornado a Stratford em torno de 1613, morrendo três anos depois. Restaram poucos registros da vida privada de Shakespeare, e existem muitas especulações sobre assuntos como a sua aparência física, sexualidade, crenças religiosas, e se algumas das obras que lhe são atribuídas teriam sido escritas por outros autores.
Shakespeare produziu a maior parte de sua obra entre 1590 e 1613. Suas primeiras peças eram principalmente comédias e histórias, gêneros que ele levou ao ápice da sofisticação e do talento artístico ao fim do século XVI. A partir de então escreveu apenas tragédias até por volta de 1608, incluindo Hamlet, Rei Lear e Macbeth, consideradas algumas das obras mais importantes na língua inglesa. Nesta sua última fase, escreveu tragicomédias, também conhecidas como romances, e colaborou com outros dramaturgos. Diversas de suas peças foram publicadas, em edições com variados graus de qualidade e precisão, durante sua vida. Em 1623 dois de seus antigos colegas de teatro publicaram o First Folio, uma coletánea de suas obras dramáticas que incluía todas as peças (com a exceção de duas) reconhecidas atualmente como sendo de sua autoria.
Shakespeare foi um poeta e dramaturgo respeitado em sua própria época, mas sua reputação só viria a atingir o nível em que se encontra hoje no século XIX. Os românticos, especialmente, aclamaram a genialidade de Shakespeare, e os vitorianos idolatraram-no como um herói, com uma reverência que George Bernard Shaw chamava de "bardolatria". No século XX sua obra foi adotada e redescoberta repetidamente por novos movimentos, tanto na academia e quanto na performance. Suas peças permanecem extremamente populares hoje em dia , e são estudadas, encenadas e reinterpretadas constantemente, em diversos contextos culturais e políticos, por todo o mundo.
Os eruditos costumam anotar quatro períodos na carreira de dramaturgia de Shakespeare. Até meados de 1590, escreveu principalmente comédias, influenciado por modelos das peças romanas e italianas. O segundo período iniciou-se aproximadamente em 1595, com a tragédia Romeu e Julieta e terminou com A Tragédia de Júlio César, em 1599. Durante esse tempo, escreveu o que são consideradas suas grandes comédias e histórias. De 1600 a 1608, o que chamam de "período sombrio", Shakespeare escreveu suas mais prestigiadas tragédias: Hamlet, Rei Lear e Macbeth. E de aproximadamente 1608 a 1613, escrevera principalmente tragicomédias e romances.
Os primeiros trabalhos gravados de Shakespeare são Ricardo III' e as três partes de Henry V, escritas em 1590, adiantados durante uma moda para o drama histórico. É difícil datar as primeiras peças de Shakespeare, mas estudiosos de seus textos sugerem que A Megera Domada, A Comédia dos Erros e Titus Andronicus pertecem também ao seu primeiro período. Suas primeiras histórias, parecem dramatizar os resultados destrutivos e fracos ou corruptos do Estado e têm sido interpretadas como uma justificação para as origens da dinastia Tudor. Suas composições foram influenciadas por obras de outros dramaturgos isabelinos, especialmente Thomas Kyd e Christopher Marlowe, pelas tradições do teatro medieval e pelas peças de Sêneca. A Comédia dos Erros também foi baseada em modelos clássicos.
As clássicas comédias de Shakespeare, contendo plots (centro da ação, o núcleo da história) duplos e sequências cênicas de comédia, cederam, em meados de 1590, para uma atmosfera romântica em que se encontram suas maiores comédias. Sonho de uma Noite de Verão é uma mistura de romance espirituoso, fantasia, e envolve também a baixa sociedade. A sagacidade das anotações de Muito Barulho por Nada', a excelente definição da área rural de Como Gostais, e as alegres sequências cênicas de Noite de Reis completam essa sequência de ótimas comédias. Após a peça lírica Ricardo II, escrito quase inteiramente em versículos, Shakespeare introduziu em prosa as histórias depois de 1590, incluindo Henry VI, parte I e II, e Henry V.
Seus personagens tornam-se cada vez mais complexos e alternam entre o cômico e o dramático ou o grave, ou o trágico, expandindo, dessa forma, suas próprias identidades. Esse período entre essas tais alternações começa e termina com duas tragédias: Romeu e Julieta, sem dúvida alguma sua peça mais famosa e a história sobre a adolescência, o amor e a morte; e Júlio César. O período chamado "período trágico" durou de 1600 a 1608, embora durante esse período ele tenha escrito também a "peça cômica" Medida por medida. Muitos críticos acreditam que as maiores tragédias de Shakespeare representam o pico de sua arte. Seu primeiro herói, Hamlet, provavelmente é o personagens shakesperiano mais discutido do que qualqueis outros, em especial pela sua frase "Ser ou não ser, eis a questão". Ao contrário do reflexivo e pensativo Hamlet, os heróis das tragédias que se seguiram, em especial Otelo e Rei Lear, são precipitados demais e mais agem do que pensam. Essas precipitações sempre acabam por destruir o herói e frequentemente aqueles que ele ama. Em Otelo, o vilão Iago acaba assassinando sua mulher inocente, por quem era apaixonado. Em Rei Lear, o velho rei comete o erro de abdicar de seus poderes, provocando cenas que levam ao assassinato de sua filha e à tortura e a cegueira do Conde de Glócester. Segundo o crítico Frank Kermode, "a peça não oferece nenhum personagem divino ou bom, e não supre da audiência qualquer tipo de alívio de sua crueldade". Em Macbeth, a mais curta e compactada tragédia shakesperiana, a incontrolável ambição de Macbeth e sua esposa, Lady Macbeth, de assassinar o rei legítimo e usurpar seu trono, até à própria culpa de ambos diante deste ato, faz com que os dois se destruam. Portanto, Hamlet seria seu personagem talvez mais admirado. Hamlet reflete antes da ação em si, é inteligente, perceptivo, observador, profundamente proprietário de uma grande sabedoria diante dos fatos. Suas últimas e grandes tragédias, Antônio e Cleópatra e Coriolano contêm algumas das melhores poesias de Shakespeare e foram consideradas as tragédias de maior êxito pelo poeta e crítico T.S. Eliot.
No seu último período, Shakespeare centrou-se na tragicomédia e no romance, completando suas três mais importantes peças dessa fase: Cimbelino, Conto de Inverno e A Tempestade, e também Péricles, príncipe de Tiro. Menos sombrias do que as tragédias, essas quatro peças revelam um tom mais grave da comédia que costumavam produzir na década de 1590, mas suas personagens terminavam com reconciliação e o perdão de seus erros. Certos comentadores vêem essa mudança de estilo como uma forma de visão da vida mais serena por parte de Shakespeare. Shakespeare colaborou com mais dois trabalhos, Henry VIII e Dois parentes nobres, provavelmente com John Fletcher.


Livros de William Shakespeare disponíveis na biblioteca:
- A tempestade
- Comédias
- Contos de Shakespeare
- Hamlet
- Macbeth
- Otelo
- Rei Lear
- Romeu e Juieta
- Sonho de uma noite de verão
- Tragédias e comédias
- Hamleto
- Histórias de amor

sexta-feira, 25 de março de 2011

"A garota da capa vermelha" está disponível na biblioteca para empréstimo

O corpo de uma garota é descoberto em um campo de trigo. Em sua carne mutilada, marcas de garras. O Lobo havia quebrado a paz.
Quando Valerie descobre que sua irmã foi assassinada pela lendária criatura, ela acaba mergulhando de forma irreversível em um grande mistério que vem amaldiçoando sua aldeia por gerações. A revelação vem com Father Solomon: o Lobo habita entre eles — o que torna qualquer pessoa do vilarejo suspeita. Estaria Peter, sua paixão secreta desde a infância, envolvido nos ataques? Ou seria Henry, seu noivo, o Lobisomem que assola as redondezas? Ou, talvez, alguém mais próximo? Enquanto todos estão à caça da besta, Valerie recorre à Avó em busca de ajuda; ela dá à neta uma capa vermelha feita à mão e a orienta através da rede de mentiras, intrigas e decepções que vem controlando o vilarejo por muito tempo. Descobrirá Valerie o culpado por trás do lobo antes que toda a aldeia seja exterminada? 
A Garota da Capa Vermelha é uma nova e arrepiante versão do clássico conto. Nela, o final feliz poderá ser difícil de ser encontrado.



Trailer do filme "A garota da capa vermelha"

quinta-feira, 24 de março de 2011

Novos livros disponíveis na Biblioteca

A galinha que sabia nadar - Paul Adshead
Quando um patinho é chocado por uma galinha, pensa que ela é a mãe. O que acontecerá quando ele se juntar aos seus irmãos e irmãs no lago?
Este é o segundo livro de Paul Adshead sobre as aves que vivem em seu jardim.


Antenor, o alfaiate - Rogério Trezza
Dizem que "quem conta um conto, aumenta um ponto". Mas a história do Antenor cresceu tanto que virou uma história realmente impressionante.
Aqui, Rogério Trezza reconta a história "O Alfaiate Valente", dos irmãos Grimm. Em várias páginas os leitores encontram abas que proporcionam o elemento surpresa durante a leitura.


A vida dos dinossauros - Rosicler Martins Rodrigues
Os dinossauros fascinam a imaginação de todos nós. Hoje, as imagens desses animais que desapareceram há milhões de anos estão nas telas do cinema, nas histórias em quadrinhos, em museus, em documentários da televisão, em novelas. Mas, embora sejam famosos, pouco se sabe entre eles.
Quais eram os tipos de dinossauros? Como eles viviam? Por que desapareceram? Como podemos saber se existiram de verdade?
É isso e mais um pouco o que este livro conta em linguagem acessível, em que texto e ilustrações se juntam a cada página para trazer à vida esses animais que desapareceram para sempre, mas continuam vivos em nossa imaginação.


Mamãe, você me ama? - Barbara M. Joosse
"Mamãe, você me ama?
Claro que amo, minha querida.
Quanto?"
Assim começa esta história carinhosa sobre uma criança testando os limites de sua independência e de uma mãe que tranquilamente prova que o amor materno é incondicional e eterno.
Uma história universal que se torna mais cativante por se passar no extraordinário cenário ártico, cheio de animais emocionantes. Seu texto lírico é de uma ingenuidade encantadora e é completamentado por um detalhado glossário.
Cuidadosamente pesquisada, apresenta uma cultura diferente e mostra que o amor existente entre pais e filhos é um elo que supera todas as fronteiras de tempo e espaço.
O encanto da história de harmoniza totalmente com as belíssimas ilustrações de um colorido brilhante. Uma perfeita combinação de talento artístico e pura emoção, este livro muito especial com certeza será lido e re-lido por todos.


Rato Rota vai para a rua - Rogério Trezza
Rato Rota é um sujeito letrado.
A casa onde mora é repleta de livros.
Pensamentos são novos e antigos.
Livros, portas para um universo ainda inexplorado.


Para onde vai a quinta-feira? - Janeen Brian e Stephen Michael King
Quem já desejou que seu aniversário durasse para sempre vai adorar este livro. Pingo e seu amigo Filó saem em busca da resposta de um dos pequenos mistérios da vida: para onde vai a quinta-feira antes de a sexta-feira chegar?


Monteiro Lobato, livro a livro: obra infantil - Marisa Lajolo e João Luís Ceccantini
Escrito a muitas mãos por professores e pesquisadores de diferentes instituições, este livro se ocupa do inventor do Sítio do Picapau Amarelo. Precedido de discussões breves sobre linguagem, imagens, ilustrações e práticas editoriais do escritor, cada capítulo dedica-se a um título de sua produção infantil.
Além de permitir sempre um novo olhar sobre a expressividade e o significado de cada livro de Monteiro Lobato direcionado às crianças brasileiras, uma das novidades desta coletânea é apresentar o percurso cumprido obra a obra, empreendendo uma visita à oficina do autor e buscando recuperar a forma com que ele se dedicava a reescrever seus textos, promovendo numerosas alterações e renovando, a cada edição, o pacto estabelecido com seus leitores.


Dengue: diagnóstico, tratamento e prevenção - Luiz José de Souza
A segunda edição do livro renova e enfatiza os mais diversos aspectos sobre a dengue, doença que devido à sua importância no Brasil e no mundo vem se tornando uma patologia que deve ser dominada pela comunidade médica e acadêmica.
Além das abordagens já descritas na primeira edição, trazemos o que há de mais atual quanto ao diagnóstico precoce da doença, principalmente no que se refere ao novo exame específico para dengue, o Antígeno NS-1. Apresentamos também atualizações e perspectivas quanto à vacinação contra a dengue.
Vale ressaltar que os novos casos clínicos abordados, ilustrando as diversas manifestações típicas e atípicas da dengue, além das indicações terapêuticas e, paralelo a isto, o trabalho realizado em nosso município no combate ao vetor Aedes aegypti, mediante o geoprocessamento e a parceria entre o Centro de Referência da Dengue (CRD) e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).
Por fim, este livro oferece aos médicos, acadêmicos e demais profissionais da área de saúde conhecimentos fundamentais sobre a dengue, em texto de leitura fácil e objetiva, mostrando a prática diária vivenciada no CRD e comparada com a literatura nacional e internacional.


O espírito das águas - Paulo Canedo e Alba Lirio
Nada mais pedagógico do que contar um episódio da história do homem e descrever um espaço geográfico da terra, colocando a água no centro do mundo e dos acontecimentos.
A água como fonte de vida no planeta tem nas suas nascentes a aparência de um ser vivo e o mistério das divindades. Neste percurso, o trabalho dos professores Paulo Canedo e Alba Lirio relata a aventura ibérica do descobrimento do novo mundo e do contingente brasileiro, singrando mares e navegando rios.


E também...

terça-feira, 22 de março de 2011

Quintal das Artes e Biblioteca preparam projeto sobre Monteiro Lobato

Camila Zanotti como a boneca Emília.
Alunos do curso de teatro da Associação Cultural Quintal das Artes fizeram um laboratório onde interpretaram os principais personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo, criação máxima de Monteiro Lobato.
Emília, Visconde, Pedrinho, Narizinho e até mesmo o Tio Barnabé e o Rabicó; desfilaram pelo palco da SAT, em esquetes criativas e originais.
O exercício continua na próxima semana, quando as performances serão reapresentadas e mais uma vez analisadas pelos diretores José Ono Júnior e Paulo Rogério Rocco.
As apresentações serão exibidas em Abril, para todos os alunos da rede municipal de ensino, de Tambaú, dentro de um projeto da Biblioteca Municipal "Professor Sebas", que homenageará Monteiro Lobato e o Dia do Livro Infantil.

Biblioteca possui assinatura de jornais, revistas e gibis

A Biblioteca Municipal "Professor Sebas", sob gestão da Associação Cultural Quintal das Artes, procura renovar todo mês seu acervo de livros, sempre atenta nos lançamentos literários nacionais e internacionais, visando o interesse dos sócios e uma boa leitura. Há também o investimento no acervo de jornais, revistas e gibis.
Temos a assinatura do jornal de Folha de São Paulo, que está todo dia disponível na sala de leitura da biblioteca, e também, semanalmente, os jornais locais. A gibiteca é atualizada constantemente com a assinatura dos gibis da Turma da Mônica, incluindo Turma da Mônica Jovem. E também na sala de leitura, temos sempre disponíveis as revistas Época, Veja e Aventuras na História, atualizadas.
Visando atrair o público jovem e o leitor que também é amante da música, a Biblioteca acaba de adquirir a assinatura da revista Rolling Stone. 
Em 1967, um estudante da Universidade da Califórnia de apenas 20 anos chamado Jann Wenner criou a revista Rolling Stone.A revista é um sucesso: com visão inovadora, demonstrou coragem para ir fundo no universo da música, política, cultura pop, entretenimento, moda e estilo de vida. Hoje, a Rolling Stone está presente em cerca de 30 países e atinge mais de 12 milhões de leitores.
Lançada no Brasil de outubro de 2006, rapidamente se tornou a principal referência em seu segmento. Com editorial inovador, jovem e descontraído, a Rolling Stone fala com jovens de 18 a 60 anos.
A edição do mês de março já está disponível na biblioteca para leitura.

Biblioteca promoveu lançamento do livro "O Beijo do Relâmpago"

Os funcionários da Biblioteca Municipal, Daniel Graciano,
a bibliotecária Josiane e Paulo Rogério,
presidente da Quintal das Artes.
A Biblioteca Municipal "Professor Sebas" promoveu na última sexta-feira o lançamento do livro de poesias "O Beijo do Relâmpago". O autor Daniel Graciano, de 24 anos, nasceu em Santa Cruz das Palmeiras, onde passou a infância e vive ainda hoje. Em novembro de 2008, publicou a peça "Helena - uma comédia em 5 atos", entrando de forma independente no cenário literário. Além de poeta e teatrólogo, é músico e compositor. Sua poesia, assim como toda sua arte, se caracteriza pela exploração de formas e experimentalismo.
O pai de Daniel fez um discurso e
agradeceu apoio da Biblioteca.
O livro "O Beijo do Relâmpago" é uma obra inovadora em termos de imagem e matéria poética. São poemas envenenados por um impulso ora violento, ora lírico, que anseia retratar a cegueira humana e a política contemporânea.
Daniel Graciano autografou livros e presenteou a Biblioteca Municipal com um exemplar. O evento contou com a presença dos funcionários da Biblioteca, dos atores da Associação Cultural Quintal das Artes e de amigos e familiares de Daniel.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Autor da semana: Bernardo Guimarães

Bernardo Joaquim da Silva Guimarães (Ouro Preto, 15 de agosto de 1825 — 10 de março de 1884) foi um romancista e poeta brasileiro, conhecido por ter escrito o livro A Escrava Isaura.
É filho de João Joaquim da Silva Guimarães, também poeta, e de Constança Beatriz de Oliveira Guimarães. Casou-se com Teresa Maria Gomes de Lima Guimarães, e tiveram oito filhos: João Nabor (1868-1873), Horário (1870-1959), Constança (1871-1888), Isabel (1873-1915), Affonso (1876-1955), José (1882-1919), Bernardo (1832-1955) e Pedro (1884-1948).
Formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, em 1847, e nesta cidade tornou-se amigo dos poetas Álvares de Azevedo (1831-1852) e Aureliano Lessa (1828-1861). Os três e outros estudantes fundaram a Sociedade Epicureia.
Na época em que participou da criação da Sociedade Epicureia, Bernardo Guimarães teria introduzido no Brasil o bestialógico (ou pantagruélico), que se tratava de poesia cujos versos não tinham nenhum sentido, embora bem metrificados. Usando do burlesco, o satírico e o nonsense, esta poesia faz de Bernardo Guimarães um precursor brasileiro do Surrealismo, conforme Haroldo de Campos, embora este ainda o considere um romancista medíocre.
A maior parte dessa poesia não foi publicada porque era considerada pornográfica, e se perdeu. Para alguns críticos, como o citado Haroldo de Campos, o melhor do escritor seria o bestialógico. Um exemplo dessa produção (não-pornográfica) é o soneto Eu Vi dos Pólos o Gigante Alado.
O seu livro mais conhecido é A Escrava Isaura. Foi publicado pela primeira vez em 1875, pela Garnier. Conta as agruras de uma bela escrava branca que vivia em uma fazenda do Vale do Paraíba, na região fluminense de Campos.
Lucélia Santos como a Escrava Isaura, em 1976.
O romance foi levado à tela da Rede Globo de Televisão em 1976 e em 1977 e à da Rede Record em 2004. A versão da Globo foi exportada para cerca de 150 países. Na China, protagonizada por Lucélia Santos, a novela foi assistida por mais de 1 bilhão de pessoas. Uma edição do livro naquele país teve pelo menos 300 mil exemplares vendidos. O romance é considerado por alguns críticos como antiescravista. José Armelim Bernardo Guimarães (1915-2004), neto do escritor, argumenta que, se a história fosse de uma escrava negra, não chamaria a atenção dos leitores daquela época para a questão da escravidão. O livro de Bernardo Guimarães mais bem aceito pela crítica é O seminarista, cuja primeira edição é de 1872. Permanece atual porque questiona o celibato dos padres. Conta a história de um fazendeiro de Minas Gerais que obriga o seu filho a ser padre. Eugênio, o filho, ama desde criança Margarida, filha de uma agregada da fazenda. Ele tenta abandonar o Seminário de Congonhas em Minas Gerais, mas o pai dele, o capitão Antunes, inventa que Margarida se casou. Eugênio se ordena. Mas ele se endoidece no dia em que volta a sua cidade para rezar a sua primeira missa e se depara, na igreja, com um cadáver, o da Margarida, que tinha estado muito doente.
Duas das poesias mais conhecidas são consideradas pornográficas, embora não sejam do período bestialógico. Trata-se do O Elixir do Pajé e A Origem do Mênstruo. Ambas foram publicadas clandestinamente em 1875.
Em 1852, tornou-se juiz municipal e de órfãos de Catalão (Goiás). Exerceu o cargo até 1854. Em 1858, mudou-se para o Rio de Janeiro. Em 1859, trabalhou como jornalista e crítico literário no jornal Atualidade, do Rio de Janeiro. Em 1861, reassumiu o cargo de juiz municipal e de órfãos de Catalão. Foi quando, ao ocupar interinamente o juizado de Direito, Bernardo Guimarães convocou uma sessão extraordinária do júri, que liberou 11 réus porque a cadeia não estava em condições de abrigá-los. Em 1864, volta para o Rio de Janeiro. Em 1866, é nomeado professor de retórica e poética do Liceu Mineiro, de Ouro Preto. Em 1867, casa-se. Em 1873, leciona latim e francês em Queluz (Minas Gerais). Em 1881, é homenageado pelo imperador Dom Pedro II. Morre pobre em 10 de março de 1884.


Livros de Bernardo Guimarães disponíveis para empréstimo:
- A escrava Isaura
- O garimpeiro
- O seminarista
- O ermitão de Muquém

sexta-feira, 18 de março de 2011

Biblioteca promove hoje lançamento do livro "O Beijo do Relâmpago"


Nesta sexta-feira, 18 de março, a Biblioteca Municipal "Professor Sebas" convida a todos para o lançamento do livro "O Beijo do Relâmpago", do jovem autor Daniel Graciano. Com 24 anos de idade, Daniel, que nasceu em Santa Cruz das Palmeiras, lança um livro de poesias que retrata de forma metafórica a política no Brasil. 

O evento tem início às 20 hs. O livro é um lançamento da Editora Multifoco, do Rio de Janeiro.

Relatório Estatístico - Fevereiro/2011

Relatório Estatístico –   Fevereiro / 2011
a)      Atendimento ao público – segunda à sexta-feira – 08:00h às 17:00h

b)     Seleção e aquisição:

Tipo de Material
Compra
Doação

Livros
10
146 + 3 Kits Coleção Educadores
Revistas
11
135
Gibis
6
67
Jornais
Assinatura Folha SP
122
Cds/DVDs
--------------------
1
Outros
----------------------
22 livros em Braile + 18 apostilas

c)      Livros processados no mês: 43

d)      Total de livros no acervo: 30.455

e)     Revistas processadas no mês: 16

f)       Total de revistas no acervo: 3.000

g)      Total de gibis (histórias em quadrinhos): 1.698

h)      Nº de empréstimos no mês: 954

Total no ano* : 2.153

i)       Total de consultas no mês: 118

Total no ano*: 258

j)        Frequencia de leitores no mês: 429

Total no ano*: 911

k)      Nº de sócios inscritos no mês: 20

Total no ano*: 40

Total de sócios inscritos na biblioteca: 7.441



Novas aquisições:

  • CORNWELL, Patricia – “Em risco”
  • COBEN, Harlan – “Cilada: Ninguém consegue escapar das próprias mentiras”
  • FITZPATRICK, Becca – “Crescendo: Hush, hush”
  • LOGUE, Mark; CONRADI, Peter – “O discurso do Rei: Como um homem salvou a monarquia britânica”
  • MEYER, Sthephenie – “Amanhecer”
  • O’ HEARN, Kate – “Pegasus e o Fogo do Olimpo: Livro 1 da Série Olimpo em Guerra”
  • BAGSHAWE, Tilly – “Depois da escuridão”
  • DEBS, Paulo – “Felisbela cara de...”
  • COWELL, Cressida – “Como falar dragonês”
  • COWELL, Cressida – “Como quebrar a maldição de um dragão”


Livros mais procurados


- SMITH, L.J. – “Série Diários do Vampiro: O Retorno, Vol.1 – Anoitecer”
- SMITH, L.J – “ Vampiro secreto” – Série Mundo das Sombras – vol.1
- BROWNE, S.G – “ Desastre”
- BYRNE, Rhonda – “ O poder”
- MEYER, Stephenie.  “Amanhecer” e “A Breve segunda vida de Bree Tanner”
- GASPARETTO, Zibia – “ Eles continuam entre nós: volume 2” e “Se abrindo pra vida”
- SOARES, L.E et. al. “Elite da Tropa 2”
- BROWN, Dan – “O símbolo perdido”
- SHELDON, Sidney; BAGSHAWE, Tilly – “A Senhora do Jogo”
- ROSSI, Padre Marcelo – “Ágape”
- GILBERT, Elizabeth –  “Comprometida”
- SPARKS, Nicholas - “Querido John”; “O milagre” e  “Diário de uma paixão”
- NÖEL, Alison . “Terra de Sombras” – vol. 3
- HILL, Joe – “A estrada da noite”
- RICE, Anne – “Tempo do anjos”
- TORRE, Toni de la – “ Dr. House; um guia para a vida”
- MACMANN, Lisa. “Wake: Despertar” ;“Fade: desvanecer” e “Gone: desaparecer”
- COELHO, Paulo.  “O Aleph"
-  SPOHR, Eduardo – “A batalha do Apocalipse”
- ADORNETTO, Alexandra – “Halo”
- MEZRICH, Ben – “Bilionários por acaso - A Criação do Facebook”
- CAST, P.C e CAST, Kristin – “Marcada – vol. 1” e  “Traída – vol. 2”
- CURY, Augusto  - “O semeador de idéias”
- ROWE, Leonard – “O que realmente aconteceu a Michael Jackson: o lado obscuro da indústria do entretenimento”

Livros infanto-juvenis mais procurados:

- COWELL, Cressida – “Como treinar o seu dragão”; “Como falar dragonês” e “Como quebrar a maldição de um dragão”
- RIORDAN, Rick.-  “A Pirâmide Vermelha”  e “Coleção Percy Jackson e os Olimpianos” – volumes 1 a 5
- KINNEY, Jeff - “Diário de um banana” – volumes 1,2 e 3





Josiane Cristina da Silva
Bibliotecária – CRB-8/8360

quarta-feira, 16 de março de 2011

"Tormenta", segundo livro da serie "Fallen", esta disponivel para emprestimo

Tormenta - Lauren Kate
Um Romance da Série Fallen 
Enquanto Daniel está caçando os anjos que querem matar Luce, ela começa a aprender a utilizar as sombras como janelas para suas vidas passadas em Shorelina, sua nova escola. Lá estão alunos com talentos únicos: Nefilins, filhos ou descendentes de relacionamentos entre anjos e mortais... 
Logo Luce está certa de que Daniel está escondendo um segredo mortal, e começa a questionar as consequências desse amor proibido. Continuação do sucesso Fallen, com mais de 100.000 exemplares vendidos no Brasil, o livro é best-seller nos EUA, Inglaterra e Alemanha. Um filme da série está sendo desenvolvido pelos estúdios Disney. 

terça-feira, 15 de março de 2011

Novos livros disponíveis para empréstimo

Chama Negra - Os Imortais, Vol.4  - Alyson Noel
"Chama Negra" é o quarto volume da série "Os Imortais", de Alyson Noël, autora dos best-sellers Para sempre, Lua azul e Terra de sombras. A série "Os Imortais" já vendeu mais de 200.000 exemplares!
Para eles, o verdadeiro amor não tem fim...
Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não a permite tocar nele, Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra.
O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta de seu corpo impede que Ever consiga parar de pensar nele e de desejá-lo. 
Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. A ponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen...



Escolhida - P.C. Cast e Kristin Cast
Neste terceiro livro de "The House of Night" os acontecimentos tomam um rumo misterioso e perturbador. Zoey tenta encontrar uma solução para ajudar Steve Rae, que luta para manter sua frágil humanidade, antes que ela se transforme em um monstro. Entretanto, salvar sua melhor amiga significa ir contra Neferet, e para conseguir o que quer, Zoey acaba se aliando a uma inesperada pessoa, tornando-se sua confidente e parceira. Para complicar, o horror atinge a Morada da Noite quando dois assassinatos ocorrem. Zoey se vê num drama pessoal e numa posição realmente delicada. Deve guardar segredos, até mesmo de seus amigos, tomar decisões muito importantes, e agora que acabou se envolvendo com um terceiro cara, deverá lidar com os três, já que não consegue se decidir entre eles.
"The House of Night" é um dos maiores sucessos da atualidade nos Estados Unidos com mais de 3 milhões de livros vendidos em todo o mundo! O primeiro livro, Marcada, vendeu mais de 700 mil exemplares nos Estados Unidos e já foi reimpresso 28 vezes. 
As autoras já anunciaram que a série será formada por 9 livros. O quinto, Hunted, publicado nos Estados Unidos, em pouco menos de um mês acumulou uma venda de 440 mil exemplares.

Indomada -  P.C. Cast e Kristin Cast
A vida se complica quando seus amigos estão furiosos com você? Basta perguntar a Zoey. Ela se tornou uma especialista no assunto. Mas mesmo rejeitada, ela não os culpa, sabe que é apenas uma consequência de seus próprios atos.
Neste quarto livro da série The House of Night, Aphrodite tem novas visões sangrentas, que incluem uma grande guerra entre vampiros e humanos, liderada por Neferet, e a morte de Zoey.
As mudanças ocorrem tão rápido que parece que toda a lógica desapareceu do mundo. Lealdades são testadas, intenções verdadeiras e chocantes vêm à luz, e um antigo mal desperta. Zoey sente que deve mudar o curso das coisas, mas ninguém parece ouvi-la. 
The House of Night é um dos maiores sucessos da atualidade nos Estados Unidos com mais de 3 milhões de livros vendidos em todo o mundo! O primeiro livro, Marcada, vendeu mais de 700 mil exemplares nos Estados Unidos e já foi reimpresso 28 vezes. 
As autoras já anunciaram que a série será formada por 9 livros. O quinto, Hunted, publicado nos Estados Unidos, em pouco menos de um mês acumulou uma venda de 440 mil exemplares.

A Árvore da Vida: Série Os Mistérios de Osíris - Vol. 1 - Christian Jacq
Em Os Mistérios de Osíris, a mais nova série do autor de Ramsés, o leitor acompanhará a busca do jovem Iker e a luta do faraó Sesóstris III contra as forças do mal, conhecendo a verdadeira história dos hábitos e costumes do Antigo Egito. Tudo isso graças a Christian Jacq, que revela as chaves e o segredo da dimensão inalterável dessa antiga civilização mágica e fascinante que, mesmo desaparecida, continua sendo objeto de interesse de toda a humanidade. A série tem mais três volumes: A Conspiração do Mal, O Caminho de Fogo e O Grande Segredo. 



A arte de reviver (Crônicas) - Manoel Carlos
A arte de reviver é uma coletânea de crônicas publicadas na Veja Rio, com casos garimpados em saborosos bate-papos com os amigos do Leblon, em memórias de família e na leitura diária de livros e jornais. Textos que revelam toda a sensibilidade de Manoel Carlos para captar o comportamento feminino, as paixões e seus desdobramentos, os conflitos do casamento e os novos costumes dos jovens em um mundo bem diferente daquele em que o autor cresceu. Imperdível!
O leitor irá se divertir, se emocionar e relembrar momentos prazerosos de sua vida com as encantadoras crônicas de Maneco.


A Fábula do Lago - Swain Wolfe
Elizabeth conseguiu seu diploma e fez sucesso na carreira, ligada a pesquisas para companhias de seguro, construtores de imóveis, planejadores urbanos. Ganha bastante dinheiro, mora em Boston, num belo condomínio, tem um ótimo carro, uma vida invejável. Consumida por um trabalho sem sentido, ela resolve voltar a Montana, na casa de sua excêntrica avó Ana, a quem não via fazia 25 anos. Uma pequena casa branca no meio de um campo verde e árvores frutíferas que se inclinavam no lago. Um lago tão profundo que nunca poderia encontrar seu fundo. Em busca de um novo significado para vida, Elizabeth revira seus pequenos tesouros guardados no porão da casa. É lá que encontra o quadro. A imagem de uma mulher flutuando sobre as águas faz com que ela se lembre da história de Cody e Rose, uma caminhoneiro pintor e uma jovem índia que viva perto do lago e trabalhava como garçonete. A Fábula do Fogo é a envolvente e sensual história de um romance que desafia as regras não escritas de uma sociedade e incendeia a imaginação de Elizabeth e o coração do leitor.

Bondes de Santos - Sérgio Willians
Dia 28 de abril de 2009 marcou o centenário da inauguração do primeiro serviço de carril urbano movido a eletricidade da cidade de Santos. O município é hoje reconhecido, nacionalmente, como a “Capital Brasileira dos Bondes”. A mesma data é também ponto chave na obra literária “BONDES DE SANTOS”, segundo romance do jornalista e escritor Sergio Willians, que conta a saga da família Marati, cujos membros mantêm uma ligação muito próxima à história dos carris santistas.
A trama se inicia em 2009, mais precisamente no dia 7 de abril, a 21 dias da data de jubileu centenário do bonde elétrico. É quando Artur Marati, um jovem de 16 anos, retorna às pressas, de Londres, onde vive há 10 anos, para Santos, junto com sua mãe - Gilda (Gigi) - a fim de atender um chamado do avô - Luigi - que está à beira da morte. Apesar de todo o esforço, os dois não chegam a tempo de encontrá-lo vivo, mas descobrem o motivo do apelo urgente do velho Marati: decifrar as mensagens secretas escondidas num intrigante baú que lhes fora deixado como herança e onde estão guardadas as memórias da família, além de uma incrível versão da história dos bondes de Santos, registrada num livro por Arcelino Marati, tetravô de Artur e pelo próprio Luigi.
Como presente ao leitor, o livro traz em suas páginas finais uma seleção com 24 imagens do acervo da Fundação Arquivo e Memória de Santos (FAMS), retratando os bondes em vários períodos da história. BONDES DE SANTOS foi produzido com o apoio do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, e conta com o patrocínio da CPFL Energia. Conta ainda com o apoio da Fundação Arquivo e Memória de Santos, Instituto Histórico e Geográfico de Santos, CPFL Cultura e Prefeitura de Santos.


Cartas ao Cão - Tatiana Busto Garcia
Os mitos, as referências musicais, o cinema, o consumo, as relações sociais e amorosas, tratados com delicadeza e fino humor, tornam Cartas ao Cão um marco na literatura pop que se faz atualmente no Brasil. A geração que hoje está em torno dos trinta vai se identificar de imediato com ele. 
Romance de estréia da autora, que também faz literatura infantil. Seu livro A Velha Magrela, A Gata Fornela e os Óculos-Janela, escrito e ilustrado por ela, foi um dos premiados pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo em 2007.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Biblioteca promove lançamento de livro

Nesta sexta-feira, 18 de março, a Biblioteca Municipal "Professor Sebas" convida a todos para o lançamento do livro "O Beijo do Relâmpago", do jovem autor Daniel Graciano. Com 24 anos de idade, Daniel, que nasceu em Santa Cruz das Palmeiras, lança um livro de poesias que retrata de forma metafórica a política no Brasil. 
O evento tem início às 20 hs. O livro é um lançamento da Editora Multifoco, do Rio de Janeiro.

Biblioteca "Professor Sebas" é citada como exemplo em jornal de Pirassununga

Na edição deste dia 05 de Março, o Jornal O Movimento, da cidade de Pirassununga publicou uma matéria assinada por Ricardo Missão, sobre os problemas que estão acontecendo na biblioteca municipal daquela cidade.
Em determinado trecho da publicação, a Biblioteca Municipal "Professor Sebas", de Tambaú, sob gestão da Associação Cultural "Quintal das Artes", através de convênio firmado com a Prefeitura, é citada como exemplo pela forma como é administrada, pelos projetos culturais desenvolvidos e pelo uso da internet na divulgação das atividades.
Acompanhe o trecho que fala sobre a nossa biblioteca:


Exemplo


Em Tambaú, Biblioteca tem até twitter


Em Tambaú, cidade do Padre Donizetti e de cerca de 22 mil habitantes, a Biblioteca Municipal “Professor Sebas” funciona a todo vapor, desenvolvendo projetos culturais. Além de manter um blog na internet, sempre atualizado, a Biblioteca, que recebe o nome do patrono e pirassununguense Sebas Sundfeld, tem até um twitter para que os usuários acompanhem as atualizações de novos livros e projetos.
Por lá, parece que a biblioteca não precisou de nenhum milagre ou intervenção do Padre Donizetti para desenvolver um trabalho focado na valorização do patrimônio cultural. Há um ano e meio quem cuida da biblioteca é a Associação Cultural Quintal das Artes, que aliou o teatro como forma de atrair novos leitores e manter a biblioteca longe do abandono.
Entre os trabalhos desenvolvidos pela equipe de quatro auxiliares de biblioteca, mais um bibliotecário, estão exposições culturais semanais, projetos teatrais (atualmente a biblioteca realiza o projeto “Contra o Bullying”, atraindo com o tema escolas estaduais e uma municipal) e muita informação publicada em seu blog (www.bibliotambau.blogspot.com) sobre autores toda semana.
“Nós somos uma associação multifacetada. Para abril, estamos desenvolvendo um projeto sobre Monteiro Lobato para trabalhar no Dia Nacional do Livro Infantil, previsto para dia 18. Temos ainda um grupo teatro e nos próximos meses assumiremos o museu da cidade”, disse José Ono Júnior, auxiliar da biblioteca e membro da Associação Cultural Quintal das Artes, criada há 3 anos.
“Nós tivemos um reconhecimento com o grande aumento de carteirinhas de novos usuários e do patrono, o professor Sebas. A administração municipal está contente com nosso trabalho e mensalmente temos uma verba do município para administrar a biblioteca. O dinheiro vai para renovação do acervo e dos novos títulos, manutenção e compra de materiais e para os projetos”, disse José Ono.
Outra novidade do lugar é de que a biblioteca conta com uma promoção: “O Livro é Seu”. Os sócios que retirarem livros da área de literatura infanto-juvenil, literatura universal e brasileira, excluindo livros didáticos, gibis e revistas, participam de um sorteio todo mês para ganhar um livro novinho.


Fique por dentro
O blog da biblioteca é o www.bibliotambau.blogspot.com. Ainda na internet, o leitor poderá seguir e ficar informado sobre o que está acontecendo na biblioteca “Professor Sebas”, com as atualizações no twitter, o @bibliotambau. O telefone é (19) 3673-3521. (RM)